Itaíba encerra o ‘Agosto Dourado’ com incentivo ao aleitamento materno

publicado: 31/08/2021 14h32,
última modificação: 31/08/2021 14h32

A Secretaria de Saúde chegou ao encerramento do ‘Agosto Dourado’, campanha de incentivo ao aleitamento materno após uma série de reuniões, encontros e palestras sobre a importância ada amamentação. A campanha que foi até o dia 27 deste mês teve o tema debatido na Unidade Básica de Saúde José Severiano, na área central de Itaíba.

Considerado alimento de ouro pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o leite materno é um alimento completo para o bebê: traz proteção imunológica e garantia nutricional, além de que o risco de adquirir doenças crônicas são diminuídos quando o bebê não tem exposição precoce ao leite artificial.

A enfermeira Niégila Nunes destacou que a campanha é importante por buscar despertar nas mães o sentido maior da amamentação que, além de fortalecer as proteções imunológicas das crianças, também permite as mães menos riscos de contrair certas doenças.

“Por meio do leite materno o bebê recebe os anticorpos da mãe que o protegem contra doenças como: diarreia e infecções, principalmente as respiratórias. O risco de asma, diabetes e obesidade é menor em crianças amamentadas, mesmo depois que elas param de mamar. A amamentação é, ainda, um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, importante para que ela tenha dentes fortes, desenvolva a fala e tenha uma boa respiração. Além de promover o vínculo afetivo entre mãe e filho, proporciona a mãe que amamenta a ter menos risco de desenvolver câncer de ovários, mamas e hemorragias, sem contar na perda de peso”, afirmou.

Segundo ela, o leite materno tem todos os nutrientes que o bebê precisa, sendo um alimento saudável e completo. De acordo com a OMS e o Unicef, cerca de 6 milhões de vidas são salvas anualmente por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade.